segunda-feira, julho 06, 2009

O que é o gnosticismo?

INTRODUÇÃO

Gnosticismo era um movimento religioso (não uma religião única e identificável) e filosófico, amplo (popular em todo o mundo greco-romano, nos séculos I e II), multifacetado e difuso (permeando muitas outras religiões e filosofias): apesar de poderem diferir em algumas preferências ou avaliações subjetivas sobre importâncias relativas, gnósticos caracterizavam-se por todos basicamente clamarem possuir ou procurarem supremamente algum tipo de conhecimento secreto (Gnose) sobre as naturezas do universo e da existência humana.

O gnosticismo acredita que há como que dois deuses; um deus bom e outro mau; e o mundo teria sido criado pelo deus mau, um deus menor, que eles chamam de demiurgo; este seria o nosso Deus da Bíblia, dai todas as tragédias contadas nela. Para esta crença, as almas dos homens já existiam em um universo de luz e paz (Plenoma); mas houve uma "tragédia" – algo como uma revolta – e assim esses espíritos foram castigados sendo aprisionados em corpos humanos, como em uma cadeia, pelo deus demiurgo, e que os impede de voltar ao estado inicial. A salvação dessas almas só seria possível mediante a libertação dessa cadeia que é o corpo, que é mau, e isto só seria possível através de um conhecimento (gnose em grego) secreto, junto com práticas mágicas (esotéricas) sobre Deus e a vida, revelados aos "iniciados", e que dariam condições a eles de se salvarem. Por isso os gnósticos não acreditam na salvação por meio da morte e ressurreição de Jesus Cristo; não acreditam no pecado, nos anjos, nos demônios, e nem no pecado original. Para eles o mal vem da matéria e do corpo humano, que são maus. A Igreja muitas vezes teve que se pronunciar contra isto e muitas vezes relembrou que "tudo o que Deus fez é bom".

Para o gnosticismo tudo que é material foi criado pelo deus mal e deve ser desprezado; assim, por exemplo, o casamento e tido como mau porque através dele o homem (corpo) se multiplica. São Paulo combateu isto em 1Tm 4, 1ss. Tudo o que é espiritual teria sido criado pelo deus bom.

Segundo ainda o gnosticismo "cristão", o Deus bom , Supremo, teria enviado ao mundo o seu mensageiro, Jesus Cristo, como redentor (um eon), um “Avatar”, portador da “gnósis”, a palavra revelada a alguns escolhidos e que leva à salvação (libertação do corpo). Jesus não teria tido um corpo de verdade, mas apenas um corpo aparente (docetismo); doceta em grego quer dizer aparente. Jesus teria então um corpo ilusório que não teria sido crucificado. S. João combateu isto em suas cartas (cf.1 Jo 18,-23)

O gnosticismo acredita também na reencarnação para a salvação da pessoa; vê-se então, que é radicalmente oposto ao Cristianismo.

OS ENSINAMENTOS

Consistem de uma grande variedade de disciplinas esotéricas, todas apresentadas de maneira muito prática. Exercícios são dados o tempo todo durante as aulas, para que o aluno possa entender e assimilar de melhor maneira tais ensinamentos. Alguns dos muitos ensinamentos passados são os seguintes:

- meditação,
- psicologia esotérica gnóstica,
- magia sexual,
- alquimia,
- yogha,
- tarot e qabalah,
- astrologia hermética, entre outros tantos.


A DOUTRINA DA SÍNTESE

A Gnose é conhecida como Doutrina da Síntese, visto que reúne os mais importantes aspectos de todas as religiões do passado e presente, não sendo propriedade de grupo algum. É um conhecimento atemporal e perene. Seu principal objetivo é alcançar a auto-realização, sendo definida (dentro da Gnose) como "o desenvolvimento completo e harmonioso de todas as infinitas possibilidades no interior do ser humano". A importância da auto-realização consta da Antiga Advertência, colocada na entrada do oráculo de Delfos:

"Te advirto, quem quer que sejas,
Oh, ! Que desejas sondar os Mistérios da Natureza.
Como esperas encontrar outras excelências,
Se ignoras as de tua própria casa?
Em ti, está oculto o tesouro dos tesouros.
Oh, homem! Conhece a Ti mesmo
E conhecerás o Universo e os Deuses"


O ALCANCE DA AUTO-REALIZAÇÃO

Segundo a Gnose, a auto-realização pode ser alcançada através de três importantes fatores: os três fatores da revolução da consciência. São os seguintes:

fator: O despertar das faculdades e poderes latentes em nosso ser interior, através da transmutação das nossas energias sexuais. União amorosa entre homem e mulher, sem a perda da "jóia seminal", a sagrada energia do Logos. Como diz respeito ao despertas da criação, esse primeiro fator é chamado de Nascimento, ou Nascer.

fator: A descoberta e eliminação de nossos defeitos, elementos que travam nosso progresso espiritual. O segundo fator é chamado de Morte, ou Morrer, porque estamos nosa desligando de tudo o que nos atrapalha e prejudica espiritualmente.

fator: Levar à toda a humanidade (ou aos que buscam) a Chave, a Gnose, ou seja, o Conhecimento Espiritual. Como esse processo lida diretamente com o sacrifício pela humanidade,o terceiro fator é chamado Sacrifício, ou Sacrifício pela Humanidade.

Esses três fatores formam a base sobre a qual toda a doutrina gnóstica está edificada.

Fontes:

http://www.cancaonova.com/portal/canais/formacao/internas.php?id=&e=3987

http://www.alunosonline.com.br/barra/index.htm?url=http://www.descobrindo.com.br/gnosticismo.htm

http://www.jesussite.com.br/acervo.asp?id=42

20 comentários:

  1. Parabéns!
    Muito bom post.
    Após ler, mudei a estrutura do plano de aula
    pretendia comentar sobre o evangelho
    antropocêntrico, mas vejo que conduzir os alunos
    a conhecerem melhor o gnosticismo, será mais
    produtivo. Mesmo porque na época já era o maior
    dos pesadelo dos apóstolos.
    Abraços fraterno

    ResponderExcluir
  2. Obrigado J@oliva.
    Continue conosco e boa aula!

    Que Deus lhe abençoe.

    ResponderExcluir
  3. A história da bíblia se divide em antes e depois de Cristo (velho e novo testamento). Citar apenas que o gnosticismo era um movimento religioso popular em todo o mundo Greco-romano, nos séculos I e II, deixa a desejar. Seria interessante citar se foi antes ou depois de Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Século I e II. Só pode ser depois de Cristo.

      Excluir
  4. Parabéns!!!!! Muito obrigado!!! Me ajudou muito no estudo da revista da E.B.D, com o título "Pela graça sois salvos", (Aspectos essenciais da doutrina da salvação), texto bíblico: (Efésios 1 e 2). E recomendo a leitura destas passagens bíblicas para os que não sabem em que época foi o movimento religioso gnosticismo. O apóstolo Paulo nos dá uma lição sobre esta heresia, que responde a dúvida do nosso amigo anônimo. Foi depois de JESUS CRISTO (Novo Testamento).Que DEUS lhe abençoe hoje e sempre!!!!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns!!!!! Muito obrigado!!! Me ajudou muito no estudo da revista da E.B.D, com o título "Pela graça sois salvos", (Aspectos essenciais da doutrina da salvação), texto bíblico: (Efésios 1 e 2). E recomendo a leitura destas passagens bíblicas para os que não sabem em que época foi o movimento religioso gnosticismo. O apóstolo Paulo nos dá uma lição sobre esta heresia, que responde a dúvida do nosso amigo anônimo. Foi depois de JESUS CRISTO (Novo Testamento).Que DEUS lhe abençoe hoje e sempre!!!!

    ResponderExcluir
  6. m e isso ai , a biblia tem razao ; gloria a Deus /

    ResponderExcluir
  7. Eu fico triste com o amor a ignorância que os FUNDAMENTALISTAS RELIGIOSOS possuem, é incrivel. O autor deste artigo por exemplo, NÃO SABE nada sobre Gnosticismo, absolutamente NADA. Daí - por falta do que fazer - ao invés de promover o amor (que é a coisa que o 'deus' dele ensina), resolve perder tempo acusando e caluniando os outros, e detalhe, promovendo o sectarismo. Vá estudar meu caro - mas estudar fontes oficiais, factíveis e fidedignas, não apenas oque os religiosos dizem (porque eles mentem) - e no mínimo, você sentirá vergonha do que escreveu, e terá que ir se confessar com o padre caso seja católico, mas se for evangélico, deverá ficar uns 03 meses de banco até aprender a lição (risos). Jesus ensina que para exaltar o nome dEle, faz necessário pisar nos outros?! É isso que ele ensina, seu analfabeto?!
    TRISTE!!! VERGONHOSO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido, obrigado por sua visita em nosso blog. Gostaríamos de ver seus argumentos de refutação. O debate, de forma respeitosa e ética, é sempre sadio. Que Jesus Cristo o abençoe.

      Excluir
    2. De fato, está tudo errado. Acredito que o autor tenha escrito com a melhor das intenções. Mas está equivocado em praticamente tudo.

      Excluir
    3. Apenas mais um comentário: Sou gnóstica, e nos é ensinado a respeitar todas as crenças e religiões. Como assim a gnose não acredita em Jesus O Cristo? Como você sabe? Você é gnóstico? De onde saiu seu conhecimento sobre o que é passado a respeito do que quer que seja? Jesus mais do que qualquer outro Mestre que veio ao nosso planeta, por amor a humanidade plasmou o ensinamento e o drama cósmico para a humanidade, para ensinar ao homem o amor e a perfeição da Divindade. É o Cristo do Amor, é o Cristo do nosso planeta, vocês não entendem o que estou a explicar, porque não possuem o menor conhecimento do que seja a Gnose. E porque não sabem o que é a Gnose? Porque ao contrário do que se propaga entre as religiões, existe um grande hermetismo no ensinamento. Ela não busca adeptos, seguidores, fanáticos ou o seu precioso dinheiro. O ensinamento está para quem o procura. Seja você gnóstico ou não. Buda, Cristo, Osíris, Maomé. O ensinamento está em todos. Quem divide o ensinamento são os homens e sua ambição. E muitos preferem viver na ignorância cega das aparências e da falsa ilusão de que estão salvos. Perdem tempo conceituando a crença do outro e pouco se voltam para trabalhar a si mesmo, para trabalhar seu interior. Triste época essa que vivemos.

      Excluir
    4. A Jesus foi dado todo o poder acima dos céus e abaixo e ele não divide a sua glória com buda ou com osíris, só Jesus morreu e ressuscitou o resto ta morto e enterrado e não tem poder para nada.

      Excluir
    5. FALOU POUCO, PORÉM FALOU EXCELENTE

      Excluir
  8. Os Gnósticos não acreditam mesmo em Jesus. Tanto que para eles Jesus é o ápice da evolução, a meta, o exemplo a ser seguido. Mas fazer oque, talvez o Jesus dos Gnósticos seja o verdadeiro, que deve viver na mente, e não debaixo do suvaco das pessoas né?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou horrorizada com a ignorância dos comentários.

      Excluir
    2. Este tal anônimo nem coragem de dizer o nome, e fica digitando estes comentários ridículos sem nenhum proveito é melhor você ficar calado, e parar de ficar escrevendo besteiras, não colocamos a bíblia só debaixo do braço, mas, no coração onde fica todo nosso conhecimento não em filosofia, não precisamos de gnose, temos o Espirito Santo.

      Excluir
  9. Encontrei um documentário que mostra que os Gnósticos não acreditam mesmo em Jesus, mas no bicho papão, seção do descarrego, terapia do amor e tudo mais, vejam só que "legal" (risos):

    Os Primeios Cristãos (eram Gnósticos):
    http://www.youtube.com/watch?v=FoP2ALIQMk4
    http://www.youtube.com/watch?v=Ar6l5dSKz-c
    http://www.youtube.com/watch?v=-IlG48LeMyY
    http://www.youtube.com/watch?v=QpB3JEQuCik

    Aliás, e os Judeus Essênios (essênio vem do Aramaico que significa Médico, Jesus é chamado de "o Médico dos médicos"), oque aconteceu com os Judeus Essênios que sumiram da teologia católica e evangélica, embora historiadores antigos (reconhecidos por católicos e evangélicos) como Flávio Josefo, relataram a existência dos Judeus Essênios?!

    Porque será que para católicos e evangélicos, só existiram Fariseus e Saduceus?!

    Resposta: PORQUE JESUS E JOÃO BATISTA ERAM ESSÊNIOS.

    ResponderExcluir
  10. Excelente artigo, gostaria de aproveitar esse espaço para alertar os irmãos para o perigo que representa hoje as bíblias na linguagem de hoje. Somente a Sociedade Bíblica Trinitariana do Brasil possui o texto mais fiel aos originais massorético e textus receptus.

    ResponderExcluir
  11. ao ler um pouco desse comentário pude ver e entender que , existem pessoas que ñ tem visão de Cristo. por isso que a Biblia diz por intermédio do ministério do apostolo que mais combateu contra essa Doutrina de Demonio. Paulo, em 2ª coríntios 4;4 que o deus desse século tem segado o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da Glória de cristo...

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário.